Dança e cinema 2

Mikhail Baryshnikov no filme MOMENTO DE DECISÃO (The turning point, 1977)

No início de 1978, o cineasta americano Herbert Ross se viu em uma situação agradável, mas um tanto rara em seu meio. Seus dois trabalhos lançados no ano anterior concorriam ao Oscar de Melhor Filme, tornando-o rival dele mesmo. A comédia romântica “A garota do adeus” deu o prêmio de melhor ator a Richard Dreyfuss, enquanto sua maior aposta, o drama familiar “Momento de decisão” saiu da cerimônia sem nenhuma estatueta, apesar de suas generosas 11 indicações. Mas isso não reflete o fato de ser um dos mais consistentes dramas sobre os bastidores do balé, mesmo que o utilize apenas como pano de fundo de uma história humana e envolvente.

https://www.youtube.com/watch?v=AssRlsPH578
Trailer do filme

Primeiro filme de Mikhail Baryshnikov, a sua capacidade de interpretação lhe rendeu uma indicação ao Oscar.

Sobre o filme

“Momento de decisão” conta a história de duas mulheres de mundos aparentemente diferentes, mas que possuem dentro delas muito mais em comum do que aparentam. Shirley MacLaine vive Deedee Rodgers, uma dona-de-casa que abandonou uma promissora carreira como bailarina profissional para dedicar-se à família. Ao lado do marido, dirige uma escola de dança, enquanto vê os filhos (dois dos quais também são bailarinos) crescerem. Sua amiga de juventude, Emma Jacklin (Anne Bancroft) é exatamente seu contrário. Abdicou da vida pessoal para cuidar da carreira, tornou-se uma admirada e invejada bailarina, protagonista das mais importantes coreografias. Quando as duas se reencontram, o conflito se instala. Entre as duas, no epicentro do drama, a filha de Deedee (Leslie Browne, bailarina do ABT), tenta seguir seu próprio caminho, que se complica quando ela se apaixona por Yuri (Mikhail Baryshnikov), um bailarino russo com quem divide os palcos e suas primeiras noites.

Poster do filme

Sobre Mikhail Baryshnikov

Nasceu em 1948 na União Soviética e começou seus estudos de balé em 1960. Seu talento, em particular a força de sua presença e a pureza de sua técnica clássica, foi reconhecido por vários coreógrafos soviéticos que criaram coreografias para ele. O virtuoso Vestris, de Jacobson, em 1969, juntamente com a intensidade emocional de Albrecht, em Giselle, tornou-se a sua assinatura.

https://www.youtube.com/watch?v=SAdqlXrDycY
Vestris (1969)

Iniciou sua promissora carreira no Kirov Ballet em Leningrado. Durante uma apresentação da companhia no Canadá, em 1974, buscou asilo no país e, em 1986, naturalizou-se norte-americano. Após atuar como autônomo ao lado de várias companhias, juntou-se à Companhia de Ballet de NY como solista para aprender o estilo de movimento de George Balanchine. Ele dançou com a companhia American Ballet Theatre, onde posteriormente se tornou diretor artístico. Baryshnikov liderou muitos de seus próprios projetos artísticos e foi associado principalmente à promoção da dança moderna. Seu sucesso como ator no teatro, cinema e televisão o ajudaram a se tornar provavelmente o mais largamente reconhecido bailarino contemporâneo.

Outros filmes com Mikhail Baryshnikov: O sol da meia-noite (White Nights de 1985) ao lado do dançarino e ator americano, Gregory Hines; Dancers (1987).

https://www.youtube.com/watch?v=0nIzuFfQBbM
Mikhail Baryshnikov e Leslie Browne

 

 

Fontes: umfilmepordia.blogspot.com, adorocinema.com

 

 

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Search

+
%d blogueiros gostam disto: